quinta-feira, 6 de maio de 2010

Larissa - A nova Tita do Titanzinho...


Titanzinho: menina de 11 anos vence Circuito Petrobras de Surf, no Guarujá
Larissa dos Santos, de 11 anos de idade, venceu o Circuito Petrobrás de Surf, realizado na praia do Tombo em Guarujá-SP. Além do título na categoria “Grommer”, até 12 anos, a atleta desbancou outras competidoras mais experientes e conseguiu o vice-campeonato na categoria infantil com atletas de até 16 anos.

Titanzinho

Assim como Larissa, outros atletas de destaque no surfe cearense têm a praia do Titanzinho como estrutura natural de treinamento. “Se construírem o estaleiro nesta praia, vai ser um problema para os atletas. O Titanzinho tem as melhores ondas para treinamento de Fortaleza. As ondas grandes e fortes daqui deixam os atletas mais preparados para os circuitos nacionais”, expõe Flávio Sukita, pai de Larissa, também surfista e treinador de Larissa e de outra filha.

Família

Larissa é de uma família pobre, mora no bairro Serviluz, em Fortaleza (onde fica a Praia do Titanzinho), com os pais e a irmã Yanca, que disputa com ela vagas na estante para colocar os troféus. Os pais trabalham com serviços gerais e fazem “bicos” para sustentar as duas filhas e ainda manter o custo dos treinamentos e viagens.

O pai deixou o emprego para treinar as filhas. “Estava há 9 anos trabalhando num restaurante, e quando vi o potencial das meninas resolvi ajudá-las em seus treinamentos, passando minha experiência de atleta”, explica o entusiasmado técnico, pai e torcedor. Mesmo depois de pedir demissão, o restaurante onde trabalhava continua ajudando nas despesas da família.

Estudos

Larissa cursa a 6ª série na escola municipal Profº Álvaro Costa e, se depender da família, ela precisa se esforçar para conciliar estudo e esporte. “O esporte é muito bom para minha filha, mas a vida de um atleta é curta. O estudo é algo que ninguém pode tirar dela, é para sempre. Quero que ela tenha oportunidades que não tive”, Flávio.

Para a viagem do Circuito Petrobrás, a Federação Cearense de Surf, em parceria com o Governo do Estado, financiou a passagem da Larissa. Segundo o Vice-Presidente da Federação, Amélio Junior, a entidade não costuma ajudar diretamente por não possuir verbas próprias.

Superação

Flávio relembra momentos de dificuldades: “Houve campeonatos em que a gente só tinha o dinheiro da passagem de ida, ao chegar no campeonato tínhamos que conquistar os prêmios para conseguir voltar. Às vezes conseguíamos carona, mas com certeza é algo que nenhum atleta deveria passar. A gente tentava encarar isso como um incentivo a mais para vencer porque a preocupação poderia atrapalhar no rendimento”.

Mais informações sobre Larissa: (85) 8867 3641 - 8502 9237.

1 comentários:

Pé na Viagem disse...

Muito boa essa matéria!
Parabéns e sucesso sempre Larissa!
Valeu

Postar um comentário